Despesas extraordinárias de condomínio – Veja como investir no seu condomínio

despesas extraordinárias de condomínio

Invista: Despesas Extraordinárias de Condomínio

Quando o assunto é despesas de condomínio, além dos gastos com despesas ordinárias, como consumo de água, gás, luz e salários de funcionários, os condomínios devem priorizar também as despesas extraordinárias do condomínio. Essas, em sua maioria, representam investimentos que valorizam e melhoram as condições do condomínio. São exemplos das despesas extraordinárias de condomínio as obras e reformas, pintura das fachadas, melhorias na iluminação, assim como modernização de áreas em comum e segurança.

Os investimentos, que são as despesas extraordinárias de condomínio, trazem a ideia de acréscimo no patrimônio, por isso não representam somente um gasto necessário, mas sim uma forma de agregar valor ao condomínio, o que traz benefícios como aumento da procura para compra e do valor que pode vir a ser cobrado pelas unidades. Além da valorização monetária e atratividade para possíveis moradores, os condôminos atuais usufruem do investimento. Por isso, todos os moradores devem estar cientes das melhorias para aceitarem o pagamento das despesas extraordinárias de condomínio, que deve ser pauta de uma reunião de condomínio com o fim de validar esse rateio.

Sugerimos alguns investimentos que garantem a valorização e investimento eficiente:

1. Sistema de Segurança

É de suma importância que se invista em câmeras, fechaduras especiais, e alarmes. Não só contribuem para uma tranquilidade de todos que já moram, como evidenciam para possíveis moradores a preocupação com a segurança, e proteção que já existe, transmitindo confiança e valorizando a venda;

2. Manutenção da Fachada

A fachada representa o semblante e “rosto” do condomínio, a primeira impressão do condomínio sempre será majoritariamente construída pela aparência externa, Se um prédio tem sua pintura desgastada ou de sua portaria com falta de manutenção, não gerará uma atratividade, o que pode ser uma barreira para compradores.

3. Tecnologia e Automatização

Atualmente, a maioria das ações de comunicação, agendamentos, consulta de documentos é feita com apoio da tecnologia para facilitar e agilizar a rotina, e no condomínio não é diferente. Investimentos em softwares e aplicativos que abranjam atividades do cotidiano do condomínio são muito importantes para o bom funcionamento do condomínio e organização, o que torna-se um diferencial importante. A tecnologia pode ser de reservar salão de festas, receber notificação de comunicados, e até liberar visitas na portaria, o que garante a satisfação dos moradores com a gestão do condomínio.

Confira as vantagens dos softwares para condomínio clicando aqui.

4. Áreas em Comum

Atualmente as áreas em comum são muito requisitados. Salão de festa e piscina são muito priorizados por moradores e quem está procurando por um imóvel, principalmente famílias, que já tem recursos para investir no imóvel, logo depois, vêm as salas de ginástica e playground sendo procurados. É não só recomendável que se disponibilize esses espaços, quanto haja manutenções e melhorias constantes, para que o uso seja incentivado.

5. Sistema de Gás

Existem dois tipos de gás para utilização em domicílios, e ambos necessitam de cuidados e atenção dos usuários, caso contrário, os danos causados por um vazamento de gás, por exemplo, podem ser gravíssimos. Por isso deve se verificar se o método escolhido é o ideal e investir em melhorias para a segurança e melhor uso.

Para saber mais sobre sistemas de gás, acesse aqui nosso post sobre o assunto.

6. Decoração

A decoração é um quesito que cria personalidade para o condomínio, e permite uma estética agradável e que harmonize a vida em condomínio. Nesse item estão jardinagem, decoração para datas comemorativas, como páscoa, natal e afins, e ainda móveis, quadros e plantas que servem para que todos sintam-se num ambiente agradável.

Para o condomínio ter capacidade financeira de arcar com os custos mais elevados de reformas e investimentos, é necessário ter uma “poupança” do condomínio, a fim de que haja uma preparação para o custo que será empregado nessas melhorias. O fundo de reserva é a mais famosa e tradicional forma de arrecadação extra. Normalmente, consta na convenção o percentual da taxa condominial que deve ser destinado ao fundo, ficando, em geral, entre 5% e 10%.

Já conhece o SocialCondo, software para gestão de condomínios? Descubra como facilitar sua rotina em condomínio e garantir a eficiência da gestão. Peça uma demonstração gratuita e sinta como a vida em condomínio pode ser melhor

Aplicativo para condomínio - SocialCondo